Adubo 20-05-20: tudo o que você precisa saber sobre essa fórmula NPK

adubo 20 05 20 lavoura
6 de maio de 2022 | Adubos e Fertilizantes

O adubo 20-05-20 é uma das diversas fórmulas de NPK, contendo os principais nutrientes para as plantas: Nitrogênio, Fósforo e Potássio. Utilizado em diversas culturas, seu teor reduzido de Fósforo o torna ideal para as épocas de floração e frutificação. Saiba mais sobre esse importante fertilizante agrícola, para que serve, como utilizá-lo e muito mais.

O que é NPK e o que significam os números na sua fórmula

NPK são as iniciais dos elementos químicos que são os três principais macronutrientes necessários para a saúde das plantas:

  • N de Nitrogênio;
  • P de Fósforo;
  • K de Potássio;

Combinados, esses três elementos são utilizados pelas plantas durante todo seu período de vida. Porém, eles também podem ser encontrados de forma individualizada nos produtos agrícolas, sendo chamados de:

  • Adubos nitrogenados;
  • Adubos fosfatados;
  • Adubos potássicos;

Sua utilização individual é uma vantagem em casos que somente um dos macronutrientes está em falta no solo e precisa de complementação. Ainda assim, a utilização do adubo NPK, com o Nitrogênio, Fósforo e Potássio juntos, é a mais recomendada, uma vez que seus efeitos são potencializados.

Diversos adubos NPK ainda podem incluir nutrientes importantes, como o Magnésio, o Boro e o Cálcio, além de muitos outros. Dessa forma, é possível encontrar produtos de excelente qualidade e cuja utilização irá promover uma nutrição completa para as plantas.

A Adufértil produz adubos NPK para o seu plantio

Os números na fórmula NPK

Os números que encontramos nas embalagens e rótulos do adubo NPK referem-se à proporção de cada um dos três macronutrientes presentes no composto.

No NPK 20-05-20, isso quer dizer que há 20 partes de Nitrogênio para cada 5 partes de Fósforo e 20 partes de Potássio.

A proporção dos macronutrientes é importante pois cada espécie, cultivo e fase do desenvolvimento de uma planta irá precisar de quantidades e proporções diferentes para que seu crescimento e produtividade sejam saudáveis e potencializados.

Há diversas outras formulações de fertilizante NPK que são comumente utilizadas na agricultura, como:

  • 4-14-8 — indicado para flores e frutos cítricos, entre elas violetas, hibisco, laranja e limas;
  • 10-10-10 — plantas verdes que não dão flores nem frutos, como samambaias e hortaliças;
  • 15-15-20 — também utilizada em hortaliças, em especial no cultivo hidropônico (na água, sem terra);
  • 04-30-10 — normalmente recomendado para plantas rasteiras, trepadeiras e tuberculosas.

Além dessas fórmulas mais comuns e do NPK 20-05-20, a Adufértil produz fertilizantes e adubos em todas as proporções, adaptando-os às necessidades nutricionais de cada cultivo. Isso é importante porque diferentes solos, espécies de plantas, condições climáticas e outras características do local de plantio influenciam diretamente em quais nutrientes estão disponíveis para as plantas e quais outras complementações são necessárias.

Todas as variedades de NPK com a Adufértil

Qual a importância do adubo NPK

Como falamos, o NPK apresenta os três principais macronutrientes para as plantas, sendo que cada um deles tem ações específicas no metabolismo vegetal e também trabalham em sinergia uns com os outros, aumentando os efeitos positivos na saúde das plantas.

Vamos abordar cada um desses nutrientes e suas ações conjuntas a seguir.

Nitrogênio

O Nitrogênio é o elemento mais abundante no ar que respiramos e também um dos mais comuns nas matérias orgânicas.

Ele está presente em diversas composições químicas, sendo o principal elemento de outros nutrientes para as plantas, em especial a amônia (NH3), o nitrato de sódio (NaNO3), o ácido nítrico (HNO3) e a uréia (CH4N2O).

Na natureza, há o chamado Ciclo do Nitrogênio que, através de diversas transformações químicas, disponibiliza o elemento tanto na atmosfera, em estado gasoso, quanto no solo, podendo então ser utilizado pelas plantas.

Nos vegetais, o Nitrogênio é um dos principais componentes da clorofila, de aminoácidos e de proteínas, ou seja, um elemento vital na produção de energia. Sua utilização como adubo se dá, principalmente, nas formas de nitrato e amônia, que tem como função proporcionar maior crescimento da planta, suas raízes e folhas.

adubo 20 05 20 veja aqui

Boas práticas de produção são indispensáveis para a qualidade do adubo 20-05-20.

Fósforo

Mesmo sendo o nutriente em menor proporção no adubo 20-05-20, o Fósforo possui grande importância na agricultura.

Presente no DNA e na produção de energia das plantas, suas maiores funções são no desenvolvimento de raízes, resistência de caules, ramos e galhos, maturação de frutos, aumento da produção de flores e sementes e aumento da resistência a doenças, pragas e variações climáticas.

De forma geral, a maioria dos solos possui pouca disponibilidade de Fósforo e grande parte das espécies vegetais o absorvem em pequenas quantidades, de forma mais lenta. É por isso que o correto preparo do solo com as quantidades adequadas do elemento é importante.

Sua menor presença no adubo 20-05-20 se dá porque sua utilização como adubo visa os estágios iniciais do desenvolvimento vegetal e não durante o ciclo produtivo, que é quando o NPK 20-05-20 é utilizado.

Converse com nossos especialistas em fertilizantes

Potássio

Essencial na maioria dos processos de crescimento e reprodução das plantas, o Potássio é conhecido como o nutriente da "qualidade", já que influencia diretamente no tamanho, formato e cor das sementes, grãos e frutos.

Além disso, também aumenta a resistência à falta de água, ativa enzimas de crescimento, auxilia no transporte de seiva e ajuda a proteger de doenças e pragas, sendo o único elemento químico que permanece em sua forma livre nas plantas, o que faz com que o reabastecimento do solo seja mais rápido para este nutriente.

Ele tende a ser absorvido pelas plantas mais cedo em seu ciclo de desenvolvimento, antes mesmo do Nitrogênio e do Fósforo, sendo que a maioria do Potássio no solo não está nas formas que os vegetais podem utilizar, o que leva à necessidade da fertilização.

Entregamos para todo o Brasil

A interação dos nutrientes do adubo NPK

Os três macronutrientes principais trabalham juntos para dar condições de crescimento, desenvolvimento e produtividade para as plantações, o que significa que, quando são utilizados conjuntamente na forma de adubo, seus efeitos positivos são aumentados, o que também melhora a qualidade do plantio e sua produção.

Para a maioria das espécies, quanto mais Nitrogênio ela consome, mais Potássio ela irá precisar. Por sua vez, uma das funções do Fósforo é aumentar a capacidade de fixação do Nitrogênio realizada pelas plantas, parte fundamental do Ciclo desse elemento e da sua disponibilização natural no solo.

A interação do Nitrogênio com o Fósforo também tem impacto direto na quantidade de folhas e raízes das plantas, o que leva ao aumento da produção de frutos e seu melhor desenvolvimento.

Enquanto isso, o Potássio é um potencializador do Fósforo: somente na presença adequada de ambos os nutrientes é que o Fósforo irá, de fato, aumentar a “qualidade” dos frutos produzidos.

Com os três elementos trabalhando em conjunto no metabolismo vegetal, sua disponibilização correta é fundamental para as culturas. Como mencionamos, há casos em que será necessário a utilização desses componentes de maneira separada, porém isso só é feito quando já há a presença adequada de algum deles e deficiência de outro.

Aumente sua produtividade com os melhores adubos

Tipos de NPK 20-05-20

Há diversos tipos de adubo 20-05-20 disponíveis no mercado de fertilizantes agrícolas, cada um deles apresenta características e vantagens diferentes, adequadas para situações e momentos diversos de um cultivo.

Porém, vale ressaltar que NPK 20-05-20 de qualidade, independentemente de como ele é disponibilizado, sempre trará essa mesma proporção dos macronutrientes e terá os mesmos benefícios para as plantas: o que difere é como será o uso e aplicação desse fertilizante, não suas funções bioquímicas.

Conte com nossas décadas de experiência na lavoura

Orgânicos e inorgânicos

Há duas origens possíveis para adubos e fertilizantes: matéria orgânica e matéria inorgânica. Elas têm processamentos diferentes, levando a características diversas para os produtos finais, mas ambas entregam os nutrientes necessários para as plantas.

O adubo 20-05-20 feito a partir de matéria orgânica é aquele que passa pelo processo de compostagem, o que inclui a decomposição dos materiais orgânicos com ajuda de fungos, bactérias e animais. A matéria é digerida por esses seres vivos, o que solta os nutrientes, disponibilizando-os para serem utilizados na forma de adubo.

Já o adubo 20-05-20 inorgânico é produzido pela extração de minerais e/ou do refinamento de petróleo (material orgânico fossilizado). Essas matérias primas são retiradas da natureza, processadas para ficarem puras e depois unidas no processo de fabricação do fertilizante propriamente dito.

Te ajudamos a escolher o melhor NPK para sua produção

NPK 20-05-20 orgânico e inorgânico

Ambos têm as mesmas funções para as plantas, mas suas composições químicas são diferentes. Podemos dizer que as vantagens do adubo orgânico são:

  • Maior variedade de nutrientes (além do NPK);
  • Melhor disponibilização dos nutrientes no solo;
  • Pode melhorar a qualidade do solo e do bioma da região;
  • Seguro para as plantas, animais e seres humanos.

Por sua vez, o adubo 20-05-20 inorgânico também apresenta características positivas:

  • Mais fácil de ser utilizado;
  • Disponível em diversos tipos e formas;
  • Longo prazo de validade;
  • Precisão na quantidade de nutrientes;
  • Custos tendem a ser mais baixos;
  • Mais viável economicamente quando a fertilização é necessária em larga escala.

Faça sua encomenda de adubo 20-05-20 com a Adufértil

Granulados e líquidos

Os adubos inorgânicos são produzidos em duas principais formas: granulados e líquidos. Os granulados comumente são divididos entre:

  • Em pellets ou peletizados, em formato de pequenos bastões;
  • Granulados;
  • Granulados finos, cujos grãos são menores que os tradicionais;
  • Em pó.

Assim como ocorre entre orgânicos e inorgânicos, as diferenças entre líquidos e granulados se dá pela escolha do cultivador sobre o que será mais fácil de aplicar e de armazenar e qual adubo NPK 20-05-20 tem melhor preço.

É importante ressaltar, que independentemente da forma de apresentação, todas devem possuir as quantidades indicadas e a proporção correta dos macronutrientes principais, bem como, dependendo da formulação do produto, a presença de outros nutrientes essenciais. Por isso, é importante estabelecer uma relação de conhecimento e confiança com a empresa fabricante desses produtos.

A Adufértil é referência no mercado de adubos e fertilizantes

NPK 20-05-20 granulado ou líquido?

Esta é uma escolha pessoal e econômica do produtor, frente às características de cada um dos formatos do produto. As principais vantagens do adubo 20-05-20 granulado (em toda as suas variações) são:

  • Menor preço em grandes quantidades;
  • Mais fácil de transportar e armazenar;
  • Alta concentração de nutrientes;
  • Melhor distribuição dos nutrientes no solo.

Já as grandes vantagens do fertilizante em sua forma líquida são:

  • Pode ser aplicado diretamente nas raízes, caule e folhas;
  • Absorção mais rápida pelas plantas;
  • Pode ser aplicado com pulverizadores, tratores ou mesmo aviões.
adubo 20 05 20 como usar

O adubo NPK 20-5-20 granulado tem seus componentes misturados durante a fabricação.

Adubo 20-05-20: para que serve

Como se nota pela fórmula, o adubo 20-05-20 possui altas quantidades de Nitrogênio e Potássio e baixa quantidade de Fósforo.

Uma vez que o Fósforo é mais importante durante os estágios iniciais do desenvolvimento das plantas, sua utilização como adubo tem principal importância no preparo do solo antes do plantio e nos primeiros momentos do ciclo de vida vegetal: quando aplicado nestes dois momentos, ele irá potencializar o crescimento e a saúde das plantas.

Porém, após isso, sua ação é nas funções metabólicas do organismo, e não diretamente no crescimento e expansão da planta. Por sua vez, isso é o inverso para o Nitrogênio e o Potássio, cuja quantidade necessária aumenta conforme a planta se desenvolve mais e se prepara para dar flores e gerar frutas e frutos. É nesta etapa do ciclo de vida que este fertilizante é utilizado.

O adubo 20-05-20 serve para aumentar a quantidade e a qualidade de flores geradas pelas plantas, o que, por sua vez, irá também aumentar a quantidade de frutas e frutos. Não somente a produtividade será maior, mas também sua qualidade, uma vez que essas frutas e frutos já terão disponíveis todos os nutrientes necessários para se desenvolverem melhor.

Criamos a formulação ideal para seu adubo NPK

Adubo NPK 20-05-20: preço e custo-benefício com a Adufértil

Desde 1980 a Adufértil é especializada em adubos e fertilizantes agrícolas, investimos  em nossa capacidade de produção para suprir as demandas de todas as regiões do Brasil.

Conhecemos intimamente os processos de fabricação de adubos e fertilizantes e sabemos a qualidade que nosso adubo 20-05-20 tem: acompanhamos de perto os bons resultados que ele proporciona aos nossos clientes. Não só isso, prestamos uma consultoria completa, que vai desde o preparo e fertilização do solo até o aumento da produtividade.

Somos apaixonados pela agricultura e, por isso, temos o orgulho de dizer que nossos produtos seguem tanto os mais altos padrões de qualidade quanto também contribuem diretamente para a preservação ambiental, através de programas de neutralização de emissões.

Se você procura adubo NPK 20-05-20 com melhor preço e custo-benefício do mercado, converse conosco. Ele traz consigo não só o valor de um excelente fertilizante, como também toda nossa dedicação em tornar o agronegócio mais produtivo e sustentável.

Quero um orçamento para adubo NPK 20-05-20

Compartilhe